sábado, 25 de junho de 2011

PEQUENAS PEDRAS, GRANDES TROPEÇOS

Resultado de imagem para pequenas pedras skate


Quando eu tinha uns 13 anos, meu esporte favorito era andar de skate. Passava várias horas, com os amigos aprendendo e fazendo novas manobras. Meu corpo ainda tem várias marcas trazidas deste tempo, originadas pelos diversos tombos que levei. Uma frase que usavamos bastante era: "o maior inimigo do skatista é a pedra". Realmente, pude constatar isto várias vezes. O skate possui um eixo não muito alto, quando se passa por cima de alguma pedra, por menor que seja, pode enroscar entre ele e o asfalto e o skate travar. Quem está em cima, consequentemente, é arremessado ao chão e as consequências podem ser muito graves.

As pedras que causam estes tombos não são grandes, muitas vezes são pedriscos, mas são suficientes para causarem grandes transtornos. Por isso mesmo o skatista precisa estar sempre atento as pedras no caminho, principalmente nas pequenas.

Geralmente, na nosso vida espiritual estamos atentos para não pecar. Mas, esta atenção está voltada para coisas facilmente visíveis, esquecemos que as pequenas, também, podem nos levar para grandes tombos, ou até a morte. 

A linha que nos separa do pecado é muito tênue. Muitos ultrapassam um pouco esta linha, achando que não vai lhe causar danos. Estão enganados! 

"Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia...." (Hebreus 12.1)

O diabo, nosso inimigo está ao derredor para tentar nos destruir. Todos os dias são deixadas por ele pequenas pedras para nos levar ao chão. Devemos estar sempre atentos, principalmente aos detalhes. Brechas para o pecado estão em todas as partes. Na escola, faculdade, namoro, emprego, happy-hour e em tudo que nos rodeia. Tudo começa pequeno, um pequeno gole, um pequeno trago, um pequeno olhar, um pequeno "ficar" com ele ou ela, um pequeno bate papo e etc. Estas são as pequenas pedras, mas são suficientes para nos derrubar.

Não quero aqui ser radical, que vê problema em tudo, mas apenas alertar que estejamos sempre vigiando e orando. Daniel quando foi levado cativo a Babilônia, não quis nem comer da comida que o rei comia. Sabia que era oferecida a outros deuses e por isso não quis se contaminar. Um pequeno detalhe, mas que fez toda a diferença. O diabo está ao nosso derredor, mas Deus está ao nosso redor, como um muro, para nos proteger. Não saia desta proteção pois o "perigo mora ao lado".

"Porque tu livraste a minha alma da morte, os meus olhos das lágrimas, e os meus pés da queda." (Salmos 116.8 )

Se os caminhos que você está trilhando, estão escuros demais para enxergar as pedras , não esqueça que a Palavra de Deus é lâmpada para iluminar os seu pés e te levar pelo caminho correto. (Salmos 119.105)

Sem mais, fiquem na Paz!

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...