Pular para o conteúdo principal

TEMPO DE RECONSTRUIR

Assim fala o SENHOR dos Exércitos, dizendo: Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo em que a casa do SENHOR deve ser edificada.
Veio, pois, a palavra do SENHOR, por intermédio do profeta Ageu, dizendo:
Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta?
(Ageu 1.2-4)

O povo de Israel passou 70 anos no cativeiro Babilônico e  após este período, em cumprimento a palavra do Senhor, foram liberados para reconstruir a cidade, os muros e o templo de Jerusálem que foram destruídos na invasão de Nabucodonozor. A passagem acima fala especificamente do templo. Ao voltar para suas terras cada um começou a preocupar-se consigo mesmo esquecendo da casa de Deus. Então Ageu, usado por Deus, começa a exortar o povo.

Nos dias atuais não é diferente. As pessoas estão cada vez mais egoístas. Esquecendo-se das coisas de Deus, apegam-se às suas necessidades materiais, sociais e de lazer. Mas, Deus nos alerta assim como aconteceu ao povo de Israel.

Ora, pois, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos.
Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado.
Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. (Ageu 5.6-7)

O povo não estava vendo, mas, corriam e não saiam do lugar. Estavam recebendo o salário em um saco furado. A prosperidade que queriam para suas vidas não acontecia. A reconstrução do templo deixada de lado, simbolizava o desprezo que tinham para a vontade de Deus e as coisas espirituais. Em contrapartida, suas vidas eram raquiticas em todos os sentidos.

Hoje, talvez, em sua vida nada esteja acontecendo, tudo está parado, você sente que não tem saído do lugar.  Convido você a fazer uma reflexão sobre quais são as suas prioridades. Para nós que servimos a Deus, o mais importante é estar bem com Ele. As outras coisas são secundárias. Estando bem com Deus, tudo será melhor.

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. (Mateus 6:33)

Muitos procuram ou esperam um sinal de Deus para fazer a Sua vontade ou trabalhar na obra. Não precisa ser assim. A seara é grande e pouco os ceifeiros. O povo de Israel achava que o tempo para reconstruir ainda não havia chegado, e por isso foram repreendidos. Deus escolhe aqueles que são dedicados para cumprir a Sua vontade. Olhe para Davi, Moisés, Gideão entre outros. Todos estavam trabalhando quando  foram chamados por Deus.

O tempo para Deus não é amanhã ou depois, o tempo é hoje. O povo de Israel acomodou-se. Depois que saíram do cativeiro quiseram aproveitar sua liberdade, mas esqueceram de quem os libertou. Não esqueça que Ele está sempre ao seu lado. Se você passou por uma luta, dificuldade, perda, decepção entre outras coisas, saiba que agora é hora de reconstruir. Não se acomode, pois Deus quer derramar sobre você uma Glória maior que a anterior. Faça a obra de Deus, que Ele fará uma obra em você!

Segundo a palavra da aliança que fiz convosco, quando saístes do Egito, o meu Espírito permanece no meio de vós; não temais.
Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos: Ainda uma vez, daqui a pouco, farei tremer os céus e a terra, o mar e a terra seca;
E farei tremer todas as nações, e virão coisas preciosas de todas as nações, e encherei esta casa de glória, diz o SENHOR dos Exércitos.
Minha é a prata, e meu é o ouro, disse o SENHOR dos Exércitos.
A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos.(Ageu 2.5-9)

Sem mais, fiquem na Paz!

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE EU FAÇO NÃO ENTENDES AGORA!

Pedro não estava entendendo o gesto de Jesus em lavar os pés dos discípulos e não queria aceitar aquela atitude do Mestre. Mas Jesus sabia o que estava fazendo e queria mostrar mostrar algo mais para eles.

“Respondeu-lhe Jesus: O que eu faço, tu não o sabes agora; mas depois o entenderás” (João 13.7)
Quando Jesus nos promete algo, a nossa ansiedade nos leva a querer saber o que irá acontecer, como Ele vai fazer, quando vai ocorrer. Não raramente acabamos por querer influenciar de alguma maneira. Buscamos situações que se encaixam naquilo que Ele prometeu. Se é benção material pensamos na origem do dinheiro, como virá, será que vou ganhar algum prêmio? Será que vou receber de alguém? Se é benção espiritual, achamos que acontecerá no dia em que vem um pregador de renome na igreja ou um irmão com dons espirituais. Quando não ocorre nestas ocasiões costumamos nos entristecer e desanimar e em casos mais extremos pensarmos que não ocorrerá mais.
Mas, não se preocupe! Em Isaías 55:9 está escrit…

PERDER PARA GANHAR!

Todo ser humano gosta de competir, mostrar força, inteligência e habilidade. Somos criados assim. Desde os primeiros anos escolares nos incentivam a sermos melhores na escola, nos jogos, nas brincadeiras. Na faculdade, somos levados a olhar nossos colegas de classe como concorrentes no mercado de trabalho e por isso precisamos ser melhor que eles e assim vai. Não aceitamos perder, temos que ganhar sempre.  Mas e quando a perda chega ? Como lidaremos com ela? Estamos preparados para perder?

Quando olhamos para a Igreja contemplamos muitos que permanecem na visão do ganhar sempre. Frequentam a igreja buscando conseguir carros, casas, bons salários, enfim, toda sorte de bençãos materiais.

Deus em sua infinita sabedoria não vê como o homem e consequentemente trabalha de maneira diferente.  O trabalhar de Deus na vida do homem envolve perdas. O o mais importante para Ele é a Salvação do ser humano.

"Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?" Marcos …