EVANGELHO FAST FOOD

Tenho visto através de pesquisas que povo evangélico no Brasil tem crescido gradativamente. A cada dia surgem novas igrejas e denominações. Será isto motivo para nos deixar contentes? Será que podemos comemorar tranquilamente? Infelizmente não!

Assim como a familia, a igreja também tem crescido ao estilo fast food. 

Explico:

A familia de hoje, frente ao trabalho, da correria do dia-a-dia, falta de tempo, tem sido formada de maneira raquitica, sem uma base sólida de educação moral e social. A televisão, a internet e jogos eletrônicos tomam grande parte do tempo das pessoas, tiram o dialogo e são responsáveis pela formação das crianças. A alimentação então nem se fala, poucos param para comer, a maior parte da refeição são lanches rápidos ou refeições que não trazem beneficios ao corpo. Todos estes ingredientes estão na formação do ser humano de hoje.

E a igreja? 

A igreja, responsável por mostrar o caminho da salvação a estas pessoas e dar o crescimento espiritual necessário tem feito isto de maneira fast food, ou seja, alimento rápido mas que deixa a pessoa fraca. Basta olharmos para a quantidade de crentes que entraram na Igreja, aceitaram a Cristo, e na primeira luta abandonaram tudo. Estes não conheceram o verdadeiro evangelho pregado por Cristo. Acabam sendo atraídos por um evangelho fácil, de prosperidade, de vencedor  e não permanecem muito tempo por não verem transformação de vida.

O crescimento precisa ser em qualidade também. As vezes vemos denominações diferentes uma porta do lado da outra. Mas que alimento espiritual estão dando as pessoas?

É bom comer no Mc Donald´s uma vez ou outra, mas come este lanche o mês inteiro e veja o que acontece. Assim também a igreja não pode ficar só no lanchinho. Precisa trazer alimentação de qualidade para seus membros para que permaneçam firmes quando vier a dificuldade.

Sem mais fiquem na Paz!