Pular para o conteúdo principal

"CURA GAY" - O LADO TENDENCIOSO DA IMPRENSA!

Muito se tem falado nos últimos dias sobre "Cura Gay".`O destaque dado pela mídia é imenso, principalmente quando diversos artistas e outros formadores de opinião destilam seu ódio contra o Deputado Pastor Marcos Feliciano e o seu projeto. Infelizmente, o desconhecimento do conteúdo do projeto e as reportagens tendenciosas que tem sido veiculadas, levam muitos a opinar contrariamente e a alimentar sua raiva contra o referido pastor. Por este motivo reproduzo o texto do Pastor Renato Vargens, em que, sucintamente esclarece os fatos e mostra o outro lado que a mídia insiste esconder.


UMA BREVE CONSIDERAÇÃO SOBRE A CHAMADA "CURA GAY"


Parte da imprensa está sendo extremamente tendenciosa quanto ao sentido e significado daquilo que chamam de "Cura gay".

Antes de qualquer coisa é necessário com que entendamos o Projeto de Lei em si. Na verdade, o PDL 234/2011 não faz nenhuma referência a cura, mesmo porque, a homossexualidade não é uma doença e sim um comportamento aprendido. Portanto, a imprensa ao chamar o projeto em questão de “cura gay” o faz de forma tendenciosa mentindo descaradamente tentando com isso manipular a opinião da população brasileira.

Isto posto, vamos aos fatos: o que o projeto diz é que o Conselho Federal de Psicologia não pode impedir que psicólogos ajudem os homossexuais que decidirem por vontade própria pedir ajuda sobre a sua sexualidade.

Caro leitor, vamos combinar uma coisa? Nenhuma entidade de classe profissional, religiosa ou quem quer que seja, pode tolir uma pessoa de buscar ajuda se ela assim desejar e decidir. O que o Conselho Federal de Psicologia tenta fazer ao impedir com que psicólogos tratem de homossexuais é uma afronta a Constituição Brasileira.

Por favor, pare, pense e responda: Por que um heterossexual pode pedir ajuda a um psicólogo sobre sua sexualidade e um homossexual não? Ora, um heterossexual pode buscar ajuda psicológica para "assumir" sua homossexualidade, mas um homossexual não pode fazê-lo para sair dela? Dois pesos, duas medidas? É isso?

Prezado amigo, cada um é o que quer. As pessoas são livres para fazerem o que quiserem na vida, no entanto, elas não possuem o direito de cercear a vontade daqueles que desejam por exemplo abandonar a homossexualidade. Portanto, o PDL não trata de uma cura gay e sim de permitir a quem quer que seja o direto de ser ajudado profissionalmente.

É isso!

Renato Vargens

Sem mais, fiquem na Paz!

Fábio 



Postagens mais visitadas deste blog

O QUE EU FAÇO NÃO ENTENDES AGORA!

Pedro não estava entendendo o gesto de Jesus em lavar os pés dos discípulos e não queria aceitar aquela atitude do Mestre. Mas Jesus sabia o que estava fazendo e queria mostrar mostrar algo mais para eles.

“Respondeu-lhe Jesus: O que eu faço, tu não o sabes agora; mas depois o entenderás” (João 13.7)
Quando Jesus nos promete algo, a nossa ansiedade nos leva a querer saber o que irá acontecer, como Ele vai fazer, quando vai ocorrer. Não raramente acabamos por querer influenciar de alguma maneira. Buscamos situações que se encaixam naquilo que Ele prometeu. Se é benção material pensamos na origem do dinheiro, como virá, será que vou ganhar algum prêmio? Será que vou receber de alguém? Se é benção espiritual, achamos que acontecerá no dia em que vem um pregador de renome na igreja ou um irmão com dons espirituais. Quando não ocorre nestas ocasiões costumamos nos entristecer e desanimar e em casos mais extremos pensarmos que não ocorrerá mais.
Mas, não se preocupe! Em Isaías 55:9 está escrit…

PERDER PARA GANHAR!

Todo ser humano gosta de competir, mostrar força, inteligência e habilidade. Somos criados assim. Desde os primeiros anos escolares nos incentivam a sermos melhores na escola, nos jogos, nas brincadeiras. Na faculdade, somos levados a olhar nossos colegas de classe como concorrentes no mercado de trabalho e por isso precisamos ser melhor que eles e assim vai. Não aceitamos perder, temos que ganhar sempre.  Mas e quando a perda chega ? Como lidaremos com ela? Estamos preparados para perder?

Quando olhamos para a Igreja contemplamos muitos que permanecem na visão do ganhar sempre. Frequentam a igreja buscando conseguir carros, casas, bons salários, enfim, toda sorte de bençãos materiais.

Deus em sua infinita sabedoria não vê como o homem e consequentemente trabalha de maneira diferente.  O trabalhar de Deus na vida do homem envolve perdas. O o mais importante para Ele é a Salvação do ser humano.

"Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?" Marcos …