Pular para o conteúdo principal

PL 122, MARTA SUPLICY E O BODE NA SALA!

Novamente vemos o assunto PL 122 tomando conta dos meios de comunicação.O projeto que criminaliza a homofobia vem agora com algumas alterações visando agradar principalmente a bancada evangélica, principal responsável da reprovação meses atrás. Com objetivo de coibir a violência contra homossexuais, o projeto cria uma classe privilegiada, uma verdadeira "ditadura gay", fazendo com que todos que pregam contra este comportamento tornem-se criminosos e não somente os que praticam violência contra.

A relatora do projeto, Senadora Marta Suplicy, conforme reportagem da Folha de São Paulo, fez concessões aos segmentos religiosos para livrar os cultos da lei e assim tentar aprovar a proposta.

Este é o bode na sala! Isto mesmo! Quem já ouviu falar desta estória vai entender o que estou falando.

Certa vez um homem estava cansado de tanta reclamações da familia e foi aconselhado a colocar um bode na sala de sua casa. Achou loucura mas o fez. O clima só piorou. Quando tudo estava muito ruim, então foi aconselhado a tirar o bode e tudo ficou as mil maravilhas.


Pois é, colocaram um projeto rigoroso e todos foram contra, agora, alteram aquilo que incomodava, ou seja "o bode na sala" e tudo pode ser diferente.

O evangelho não é somente pregado nas quatro paredes da igreja e portanto uma alteração como esta não livra a igreja de nada. Isto somente a restringirá à pregação dentro de seus templos, contrariando o que diz a palavra de Deus. Não podemos esquecer que todo caminho aberto começa com uma brecha. A aprovação do projeto já é muito mais que isto.

A votação será dia 08/12/11. Espero que a bancada evangélica não olhem para "o bode na sala", mas olhem para Jesus, autor e consumador de nossa fé.

Sem mais, fiquem na Paz!

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE EU FAÇO NÃO ENTENDES AGORA!

Pedro não estava entendendo o gesto de Jesus em lavar os pés dos discípulos e não queria aceitar aquela atitude do Mestre. Mas Jesus sabia o que estava fazendo e queria mostrar mostrar algo mais para eles.

“Respondeu-lhe Jesus: O que eu faço, tu não o sabes agora; mas depois o entenderás” (João 13.7)
Quando Jesus nos promete algo, a nossa ansiedade nos leva a querer saber o que irá acontecer, como Ele vai fazer, quando vai ocorrer. Não raramente acabamos por querer influenciar de alguma maneira. Buscamos situações que se encaixam naquilo que Ele prometeu. Se é benção material pensamos na origem do dinheiro, como virá, será que vou ganhar algum prêmio? Será que vou receber de alguém? Se é benção espiritual, achamos que acontecerá no dia em que vem um pregador de renome na igreja ou um irmão com dons espirituais. Quando não ocorre nestas ocasiões costumamos nos entristecer e desanimar e em casos mais extremos pensarmos que não ocorrerá mais.
Mas, não se preocupe! Em Isaías 55:9 está escrit…

PERDER PARA GANHAR!

Todo ser humano gosta de competir, mostrar força, inteligência e habilidade. Somos criados assim. Desde os primeiros anos escolares nos incentivam a sermos melhores na escola, nos jogos, nas brincadeiras. Na faculdade, somos levados a olhar nossos colegas de classe como concorrentes no mercado de trabalho e por isso precisamos ser melhor que eles e assim vai. Não aceitamos perder, temos que ganhar sempre.  Mas e quando a perda chega ? Como lidaremos com ela? Estamos preparados para perder?

Quando olhamos para a Igreja contemplamos muitos que permanecem na visão do ganhar sempre. Frequentam a igreja buscando conseguir carros, casas, bons salários, enfim, toda sorte de bençãos materiais.

Deus em sua infinita sabedoria não vê como o homem e consequentemente trabalha de maneira diferente.  O trabalhar de Deus na vida do homem envolve perdas. O o mais importante para Ele é a Salvação do ser humano.

"Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?" Marcos …