NOITE



Noite, escuridão temível... Se aproxima lentamente todos os dias, trazendo aquele vazio...

Como queria que fosse diferente... Como queria que tudo fosse diferente? Mas seria melhor? Faria mais sentido? Não tenho estas respostas... O que me resta é esperar...

Esperar por esta noite que demora a passar...

Noite...

Todos dormem, tranquilamente. Alguns no entanto sofrem com o dia que virá...

E eu? Com o que sofro? Não é com o dia que virá, certamente... O futuro não significa nada quando o passado se faz tão presente... O passado magoa, sufoca, mata... Por ele estou de pé, vendo a noite passar e me questionando perguntas difíceis...

Às vezes a dor não passa... Mesmo que você se esforce ou esteja convencido de que não há motivos para se ter dor... O que fazer então? Por que às vezes é tão difícil encontrar respostas?

Talvez esta noite não seja uma vã noite. Talvez esta escuridão não esconda minha dor por acaso... E se nada for por acaso? E se nada foi por acaso? E se isto acontece por que no fim das contas me foi dado a capacidade de suportar tudo isto?

Foi o que me perguntei... Eu me perguntava por que ainda estava aqui... Eu parecia a mim mesmo um inútil que chorava escondido e tinha pena de mim mesmo... E me perguntava por que ainda estava aqui? Se eu não fazia nada, por que isto? Mas talvez estar aqui não seja a pergunta, mas uma resposta... E se foi me dado a capacidade de suportar tudo isto? Se não suportasse, estaria eu aqui ainda?

Quem consegue se levantar diante de uma grande queda? Quem aprende a confiar sozinho? Não pedi por isto? Não pedi a suportar as dores? Por que fugiria de meu pedido?

Noite... Ela se aproxima de novo... e meu pedido ainda continua a ser feito... mesmo que doa lá no fundo... por que morro todos os dias, na esperança de ressuscitar todos os dias...


Autor desconhecido 

"...O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã." (Salmos 30:5)

Sem mais, fiquem na Paz!

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE EU FAÇO NÃO ENTENDES AGORA!

PERDER PARA GANHAR!