Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

EU NÃO AGUENTO MAIS!

Não aguento mais tanta decepção, tanta podridão, tanta violência, tanta corrupção, tanta falsidade, tanta falta de amor, tanto egoísmo e falta de pudor. Todo mundo quer levar vantagem em alguma coisa. Corro, grito, choro, ando, paro... mas não há quem me estenda a mão. Acho que meu caso não tem solução!
Penso na doença, na morte, penso na solidão. Muitos passam por mim, não olham, não prestam atenção. Buscam algo que satisfaça e a vida vai perdendo a graça, seja no campo ou na cidade, as pessoas não ligam para as outras não. Acho que meu caso não tem solução!
Chego em casa apressado, busco alivio sentado em frente a televisão. Mas, ela não me alivia, só aumenta minha dor. É caso de pedofilia, tráfico de drogas, estupros, protestos, morte em família, abuso de poder, condenação de padre e pastor. Desligo a televisão, para não aumentar a pressão em minha mente cauterizada que já não se sensibiliza e está alheia ao sofrimento desta sociedade sem amor.
De repente, numa prateleira vejo um …

O PASTOR E O LABIRINTO

Certo dia, um pastor e suas filhas foram conhecer um castelo medieval. Este castelo era grande e mantinha intacta muita coisa do original. Nele havia também um grande jardim e um labirinto para alegria dos visitantes. Como era de se esperar, o pastor e suas filhas entraram no labirinto, com o objetivo de acharem a saída o mais breve possível. Depois de algum tempo tentando, ele não conseguira achar o caminho que o levava para fora. Também  já não via mais suas filhas. A ansiedade e a preocupação tomava conta de seu coração, ultrapassando o sentimento de diversão inicial. De repente, ouviu a voz das filhas chamando-o e seu coração tranquilizou-se. Então, olhando para cima, pode vê-las. Estavam agora em uma torre alta do castelo. De lá era possível ver o labirinto inteiro e sua saída. Foi com essa visão privilegiada que elas ajudaram o referido pastor a sair do lugar em que se encontrava.
É comum em nossa vida, depararmos com situações semelhantes, que nos deixam sem saída, como em um …

INTOLERÂNCIA GAY!

As vezes evito postar neste blog determinados assuntos que de tão amplamente discutidos , tornam-se massantes e perdem relevância pois já não despertam a análise critica do leitor e não promovem o crescimento esperado. Os embates entre evangélicos e todo os apoiadores ou participantes do movimento homossexual estão nesse patamar e parece não ter mais fim.Todo dia jornais, revistas e mídia em geral trazem alguma coisa nova. Ainda que tentem se manter imparcial, fica claro, a posição da maioria da imprensa em apoiar e divulgar o movimento gay e impor aos seus leitores que a visão dos evangélicos, em geral, sobre a familia tradicional é retrograda, e que a sociedade moderna está pautada no relativismo, prevalecendo a vontade do ser humano e seus prazeres hedonistas.Contudo, dentro do contexto descrito, existem coisas que assustam e que são de um dissabor enorme. É por isto, que transcrevo abaixo a matéria escrita no Blog do Reinaldo Azevedo que é colunista da revista Veja, onde é possíve…

CARTA AO APÓSTOLO PAULO

Conta-se que o Apóstolo Paulo enviou seu currículo para a Junta de Missões Mundiais de certa denominação, oferecendo-se para trabalhar como missionário. Depois de algumas semanas, o Secretário da Junta escreveu-lhe esta carta, justificando por que não poderia aceitá-lo.
Ao Reverendo Saulo Paulo - Missionário Independente
Roma, Itália
Caro Sr. Paulo:
Recebemos recentemente seu currículo, exemplares de seus livros e o pedido para ser sustentado pela nossa Junta como missionário na Espanha. Adotamos a política da franqueza com todos os candidatos. Fizemos uma pesquisa exaustiva no seu caso. Para ser bem claro, estamos surpresos que o senhor tenha conseguido até aqui "passar" como missionário independente.
Soubemos que sofre de uma deficiência visual que, algumas vezes, o incapacita até para escrever. Essa certamente é uma deficiência grande para qualquer pessoa. Nossa Junta requer que o candidato tenha boa visão, ou que possa usar lentes corretoras.
Em Antioquia, o senhor provocou um…